Oieeee

Vamos lá! Para mais um post lindo e cheio de amor!

Conheço a Camila há séculos. Sabe aquela amiga de quando você era bem novinha?? Pois é…

Claro que life happens e mudei de cidade, ela casou… nos distanciamos.

Mas ela é um exemplo daquelas amizades que voltam com tudo só porque fizemos questão de fazer isso acontecer.

Você toma tempo, você se importa, você se doa… e não tem como, numa relação de mão dupla, isso não dar certo! Né não?

Bom… voltei a morar em Campo Grande. Fotografei a festa de aniversário do Arthur (esse menino lindo que está nas fotos). E depois, fizemos esse ensaio. Porque como vocês podem ver… a família cresceu!

Foi uma tarde linda. Cheia de brincadeiras, beijinhos e carinho. Com essa receita, também não tem como dar errado! Fotos lindas e cheias de significado. Pq? Porque foi real, conta história, e é a visão da tia Dani para a posteridade dessa família linda!

Vamos lá para essas fotos maravilhosas!! Espero que gostem.

 

  • Juarez Junior - Achei as fotos lindas. Parabéns à profissional [Danielle] pelo excelente trabalho.ResponderCancelar

Minha gente do céu!!!

É post de casamento na praia que vocês querem?

Toma!!!

Já conheço esses dois há um tempo…

Vocês já viram o ensaio LIIIIINDO deles em Curitiba?  Vai lá… porque também é lindo!

O relacionamento deles era à distância… ele no Peru (sim! outro país), ela aqui no Brasil. Conversaram bastante até decidir o local do casamento. Como eu, eles tinham muitas possibilidades de locais, já que as famílias estavam bem longe deles. Mas conseguiram decidir por Salvador! Pensa na minha felicidade! Amo essa cidade! Senhor amado!

O casamento foi na baixa temporada de Salvador, isso é bom, porque não fica cheio de gente que não tem nada vê com o casamento… Outra coisa, é que foi no fim de tarde, e pessoas que vão a praia ficam até umas 15h ou no maaaaaximo 16h da tarde… Então isso ajuda muito em não ter gente aleatória nas suas fotos lindas. Então fica com essa dica para você!!! Lembre disso também ao fechar o local e horário do casamento na praia.

Mas vamos as fotos LIIINDAS desse dia?

Oieeee…

Hoje vamos de família. Porque a gente aaaama.

Conheci a Danila em Campo Grande, na época que morava lá. Mas me mudei antes de dar tempo de fazermos fotos.

Já tinha passagens compradas para casamentos, saindo de lá. Então aproveitamos uma conexão e fizemos o ensaio!!

Era uma tarde MUITO quente. Fui até a casa deles, que estava bem fresquinha. E aqui vai o primeiro ponto positivo. Fazer ensaio em casa é maravilhoso porque não precisa se preocupar com a previsão do tempo! O calor pode transformar seu ensaio. Porque ninguém quer ficar muito abraçado ou correndo pra lá e pra ca, se está suando um monte. Então, você pode escolher fazer em casa e não se preocupar com chuva ou sol. Calor ou frio… e ainda fica suuuuper íntimo e mostra a casa como era na época que estava grávida, ou só de quando fizemos as fotos. Cada vez que vocês fazem as fotos, algo será diferente. Adoro fotos em casa! Já deu pra perceber, né? hihihi

Bom, fizemos as fotos logo depois do almoço. O marido dela precisava ir ao trabalho, mas super conseguimos acertar os ponteiros para ter ele no ensaio tb. Então esse é outra dica. Se fosse ao ar livre, não daria para fazer nesse horário, e não teria como o marido participar. Maaaasss, num horário assim, dentro de casa, a gente aproveita o horário livre, e continua sem ele. #ficadica

Ela queria fotos com filho e marido e sozinha… Sendo assim, casou bem certinho! É só irmos conversando que damos um jeito pra dar certo!

Foi um começo de tarde bem gostoso… espero que gostem das fotos.

Hoje o post é especial por alguns motivos…

O primeiro deles, é que conheço a Débora desde que ela era pequena, criança mesmo! (Me sentindo velha, ok)…

Estudei com a irmã dela por um tempo na faculdade de Direito, me tornei amiga, criei um carinho gigante pela família, estive um momentos importantes, e agora, tenho o prazer gigantesco de fotografar a Débora mulher, noiva. Pensa!

A emoção de receber o contato dela para fotografar o casamento já foi maravilhosa por isso… Masssssssss aííí… o casamento vai ser ainda mais especial para mim porque vai ser nos Estados Unidos! Sim! Meu primeiro casamento internacional! Ainnnnn não tinha como ser mais especial!!! Fiquei muito feliz e corri para fazer passaporte, pedir visto, e tudo correu maravilhosamente bem! Graças a Deus!

Faltava o visto mais importante de TODOS! O da noiva! Mas ele também saiu, e estamos com passagens compradas para essa aventura! Claro que vou levar vocês comigo, e vou contar tudinho. Mas por agora, vou contar como foi o ensaio…

Estava em viagem à SP, e de lá fui para Uberlândia (num bate volta) só para o ensaio. Aproveitar a estadia do noivo (Jess) aqui no Brasil. Graças a Deus as datas bateram e conseguimos.

Fomos para uma plantação (liiiinda) de girassol, e eu tentando guiar o ensaio em inglês (pensa!), já perco as palavras em português, imagina em inglês. Mas eles tiveram paciência. hihihi

Antes de começar o ensaio eles já haviam falado: “Dani, somos péssimos nisso, não vamos conseguir”, como sempre, ouço isso, fiquei tranquila. Mas não sabia que poderia ter ficado TÃO tranquila. Porque em 2 min de ensaio, umas 10 fotos feitas, girei o visor da câmera para eles, pra tentar deixá-los mais tranquilos, e a Débora já soltou: “Nós somos muito bons nisso!”

Rimos muito! E daí em diante o ensaio ficou solto, leve, cheio de amor, carinho… eles não estavam mais se preocupando com desempenho, com resultados… eles haviam entendido que o que mais importa é estarem ali um pelo outro, ligados, se importando um com o outro… e isso é que é lindo! Isso é que faz um ensaio ficar inesquecível, isso é que faz você olhar com carinho para essas fotos daqui uns 20 anos e lembrar de toooooodas as coisas loucas que aconteceram nesse dia… tipo:

  • Fotos numa plantação de girassol (quais são as chances de todas essas datas super difíceis darem certo?)
  • Deixamos o carro na beira da estrada e descemos para um local que ninguém da nada.
  • Fizemos uma mini trilha pra chegar lá
  • Na volta, a noiva suuuuuper da natureza, já não estava mais ligando e enfiou o pé no barro (sério), o vestido, tava nem aí. Voltou do ensaio parecendo que tinha ido para um acampamento de 5 dias ahuAHuahuAHUhau
  • Fizemos o buquê de flores lá na hora (com flores que a mãe dela havia conseguido

Na volta, editei rápido para que a família tivesse o gostinho de ver as fotos antes de eu ir embora… Foi muito lindo poder assistir eles vendo as fotos pela primeira vez. Amando tudo, elogiando, sem acreditar na “desenvoltura” deles… E aí vai a minha dica (se você ainda não captou): Se solta. Não tente controlar tudo. Tire esse dia para esquecer de todos os planejamentos, todas as coisas pra resolver, contas… passeiem, curtam, esqueçam que estou lá… (claro que as vezes vou pedir coisas pra vcs e fazer o meu trabalho que é lembrar o tempo todo dessas dicas), mas já vai interiorizando isso, que fica muito mais fácil. 🙂

Fiquem com as fotos lindas desses dois!

Oieeee

Eu estou passando aqui para fazer esse post lindo porque no mês que vem, Fevereiro-2019, eu vou visitar essa cidade maravilhosa novamente!

Tenho conhecidos e amigos, tenho pessoas especiais, e tb tenho um carinho suuuper especial por Vitória.

Estou suuuuper animada para ir para lá, cheia de vontade de passear, rever pessoas que não vejo há tempos, e se você quiser, fazer fotos liiiiiindas de vocês!

Mas vamos falar sobre esse ensaio…

O Johnn  e a Thaís foram meus padrinhos, fui madrinha deles, então já dá pra ver que eles são super importantes na minha vida e do Arthur (senhor meu marido). Conheço o Johnn desde Campo Grande, de quando éramos adolescentes. Arthur conhece desde muito antes…

Conhecemos a Thaís próximo ao casamento. Eles se conheceram em Vitória, então, não tive a oportunidade de conviver muito com ela antes deles se casarem… Mas conseguimos um tempinho, uns meses antes, para fazer esse ensaio. Foi um fim de tarde delicioso na praia! Super divertido e com uns momentos inesperados também. hihihi

No inicio do ensaio, pedi para o Johnn levantar a Thaís e rodar… normal né? Mas pedi para fazer isso dentro da água… aí, como o fundo do mar é cheio de locais instáveis, o Johnn acabou desequilibrando e caindo INTEIRO na água!!! Ficamos sem acreditar, vendo em câmera lenta, tudo acontecer… a parte boa, é que a Thaís estava suuuuper preparada e tinha outras roupas para ele… hihihi

Então aqui fica a dica: mesmo que não queiram trocar de roupa, leva mais uma, vai que… hihihi

Fiquem agora com as fotos… espero que gostem…

Beijinhos.